Tratamento para Ansiedade - Grupo Gilardi

Tratamento para Ansiedade

Antes de mais nada, vamos entender um pouco como funciona essa tal de ansiedade. A ansiedade é um sentimento muito comum em nossas vidas. Em um nível controlado, ela é considerada saudável. Entretanto, quando entra em um nível preocupante, é hora de contar coma ajuda de um especialista ou uma clínica especializada no Tratamento para Ansiedade

A ansiedade passa a ser considerada uma doença quando entra em um nível elevado e permanece por um longo período de tempo.

Nesses casos, nem sempre a pessoa consegue identificar o que naquela situação está lhe causando medo e preocupação, e muitas vezes tende a interpretar situações normais como perigosas ou catastróficas. Quando isso acontece, a ansiedade passa a ser considerada um transtorno mental.

Para quem tem transtorno de ansiedade, tarefas simples do dia a dia, como ir até o ponto de ônibus, podem se transformar em um tormento. Lidar com o transtorno é complicado, pois é só lembrar de algum evento significativo para a pessoa, como uma apresentação importante, que o caos toma conta.

A pessoa com transtorno de ansiedade sofre com os sintomas durante o dia inteiro. Eles são frequentes e acontecem, principalmente, em momentos indevidos. Por serem persistentes e intensos acaba atrapalhando em suas atividades diárias.

A ansiedade afeta 18,6 milhões de brasileiros e com o passar dos anos a tendência é só aumentar cada vez mais. Para amenizar os efeitos é possível realizar um tratamento para ansiedade.

Tratamento para Ansiedade: Transtornos Relacionados

Existem vários tipos de transtornos relacionados com a ansiedade: Transtorno de Ansiedade Generalizada, Transtorno do Pânico, Transtorno do Estresse Pós-Traumático, Transtorno da Ansiedade Social, Fobias, etc. Mas hoje falaremos da Ansiedade Generalizada.

Ansiedade Generalizada

A ansiedade é caracterizada por uma preocupação excessiva, persistente e de difícil controle. Por isso a importância de procurar um tratamento para ansiedade com clinicas ou profissionais especializados.

É importante entender a complexidade dessa doença, pois, por se tratar de um transtorno crônico, ela não tem cura. Mas é possível realizar tratamentos para que esses sintomas possam ser controlados. Durante o tratamento, é preciso compreender que esse transtorno não desaparecerá de um dia para o outro. Mas entender que os sintomas vão diminuindo conforme for passando o tratamento, permitindo que o paciente tenha uma vida normal.

Devemos entender que essa doença não tem cura, entretanto ao cuidar do problema a pessoa consegue eliminar as sequelas deixadas e manter uma qualidade de vida.

Reconhecendo sua ansiedade

O principal modo de reconhecer que o nível da ansiedade está elevada é perceber como ela está interferindo na sua rotina. Se seu mundo começa a ficar limitado por conta desses sintomas (por exemplo, você deixa de participar de eventos sociais, fazer coisas que deseja e/ou alimentar-se da forma como gostaria) ou se esse sentimento está repercutindo em seus relacionamentos no geral, está na hora de buscar ajuda profissional.

Sua Intensidade

Outro aspecto a ser observado é a intensidade e tempo de permanência da ansiedade. A ansiedade normal tem uma duração curta e pontual, se ultrapassada esse período e deixar você em alerta por longo tempo pode gerar fadiga, prejudicar o sono e o desempenho cognitivo, diminuir a eficiência do seu sistema imune, além de interferir no andamento das suas ações cotidianas.

Em muitos casos, os sintomas da ansiedade estão presentes há tanto tempo na vida da pessoa e ela está tão acostumada com isso, que não imagina que esse sofrimento pode ser diminuído com tratamento o adequado.

Ansiedade ou medo?

Tratamento para Ansiedade 2 - Grupo Gilardi
Tratamento para Ansiedade – Fonte Grupo Gilardi

O que diferencia a ansiedade do medo, é que o medo é uma resposta emocional a uma ameaça real ou percebida aqui e agora, enquanto a ansiedade é a antecipação de uma ameaça futura.

Quando sentimos medo identificamos a ameaça.

Na ansiedade nem sempre temos a clareza do que está nos deixando assim, e ficamos num estado de vigilância com algo que pode acontecer no futuro.

Por isso, muitas crises de ansiedade parecem acontecer sem que haja alguma relação concreta com alguma coisa. O seu terapeuta irá te ajudar a identificar o que pode ter desencadeado aquela crise.

Pode ser um pensamento, um conflito interno, uma crença, uma frustração, etc.

Conseguir perceber o que alimenta a sua ansiedade e identificar suas possíveis causas permite que você possa ressignificar, ou seja, olhar de uma forma diferente para esses elementos que a sua psique estão interpretando como algo de tão apavorante.

Reconhecer essas emoções e dar um significado mais realista e racional para elas, pode mudar sua atitude diante dos comportamentos que vêm dificultando a sua vida.

Difícil de controlar sozinho

Nem sempre é fácil controlar esses sentimentos sozinho, a pessoa não tem um senso de controle sobre esses sentimentos e sintomas. E muitas das vezes não sabe nem por onde começar.

É muito difícil controlar esse sentimento sozinha, por isso, não deixe de procurar ajuda profissional. Para reconhecer a necessidade, fique atenta a alguns sinais:

– Sentimentos frequentes de inadequação;

– Preocupação excessiva;

– Medo desproporcional ao perigo real da situação;

– Dificuldade para realizar as atividades diárias;

– Problemas no sono;

– Agitação e irritabilidade;

– Dores de cabeça e no corpo;

– Crises de taquicardia e falta de ar;

– Ataques de pânico.

Por que procurar o tratamento para ansiedade?

Se você se identificou com os sintomas citados e sente que está mais difícil lidar com os próprios sentimentos, saiba que a terapia é a intervenção mais eficaz para melhorar a ansiedade.

Tratamento para Ansiedade 3 - Grupo Gilardi
Tratamento para Ansiedade – Fonte Oficial Grupo Gilardi

Muitos estudos comprovam que a psicoterapia é o tratamento mais adequado para essas condições, e pode ser combinado, em alguns casos, com medicação prescrita por médicos.

Vale ressaltar a importância da combinação e longevidade dos métodos para maior efetividade do tratamento para ansiedade.

Psicólogo / Terapeuta

Com a ajuda do profissional escolhido é possível entrar em contato consigo mesma e entender as raízes do problema. Ao tratar o assunto na terapia, você o entende melhor. Vai conseguir perceber o que alimenta a sua ansiedade, identificar as possíveis causas e reconhecer as emoções e comportamentos que vêm dificultando a sua vida. Aumentar o autoconhecimento é o primeiro passo para ficar bem.

Compreender como funciona o mecanismo de ansiedade em você ajuda a entender o que está acontecendo com seu corpo e sua mente no momento de ansiedade, aumentando assim a sua sensação de segurança e minimizando pensamentos catastróficos pela incerteza do que acontecerá em seguida, deixa de sofre por antecedência.

O terapeuta irá ti ajudar á ter técnicas de controle, encorajar um novo repertório de comportamentos, incentivar o enfrentamento de situações, propor uma compreensão mais ampla do significado dos sintomas. Ao tratar o assunto na terapia, você o entende melhor e aprende a lidar com ele de um modo diferente.

Existem diferentes abordagens psicoterapêuticas, tais como a terapia ocupacional, a terapia em grupo, a psicanálise, a terapia cognitivo-comportamental, entre outras.  O método escolhido pode variar de acordo com os sintomas, a personalidade do paciente e a confiança no terapeuta.

Por fim, a terapia não tem o poder de tornar os eventos da sua vida menos desafiadores, mas pode te capacitar a enfrentar situações críticas de uma forma mais leve e assertiva.

Neste sentido, pode te ajudar a sair do lugar de “refém” desses sintomas e torná-lo protagonista de suas escolhas. O resultado disso é um aumento na autoestima e da autoconfiança.

Mas você deve ficar atento, pois não existem dicas gerais para modificar comportamentos ansiosos. A forma como você vive a sua ansiedade não é igual a de outras pessoas.

Por isso, a terapia é fundamental para entender o que acontece na sua vida e saber o que precisa ser mudado. A intervenção de um psicólogo no tratamento da ansiedade é fundamental para superar os sintomas e recuperar sua saúde. Se você vivencia os sintomas apresentados aqui, procure a ajuda.

Medicamentos

A utilização de medicamentos é fundamental para o tratamento para ansiedade, pois dá equilíbrio mental temporário para a pessoa. Dessa forma, o tratamento medicamentoso trabalha na esfera biológica e pretende trazer certa estabilidade para o organismo. O psiquiatra é o profissional designado para realizar a recomendação de remédios para os pacientes. Nesse sentido, ele irá avaliar o histórico médico do indivíduo e prescrever o a intervenção necessária para aquela determinada situação.

Sobre o assunto, Peter Roy-Byrne, psiquiatra e professor da Universidade de Washington, comenta que “o tratamento para ansiedade medicamentoso geralmente é seguro e eficaz. Mas muitas vezes é preciso tempo e paciência para encontrar a droga que funciona melhor para você”.

Tratamento para ansiedade natural, funciona?

Comentar sobre o assunto é complicado, pois são poucas as evidências científicas do tratamento para ansiedade que apontam uma abordagem mais natural. O recomendado é realmente adotar os dois métodos acima, porém isso não significa esquecer alternativas complementares.

Algumas atividades podem ajudar a controlar o transtorno de ansiedade. Realizar exercícios físicos regularmente e atividades de relaxamento também são recomendadas para diminuir os sintomas presentes.

Fale com nossa equipe de plantão

Especialistas

Fonte Oficial – Site: https://grupogilardi.com/blog/