Alcoolismo – Principais danos a Saúde!

ALCOOLISMO PRINCIPAIS DANOS A SAUDE

Alcoolismo e Principais danos a Saúde! Entenda como o consumo de bebidas alcoólicas pode prejudicar sua vida e de quem você ama!

Dependência do Álcool x Consumo no Brasil

Começamos a dizer que o alcoolismo é considerada e reconhecida como uma DOENÇA pelo código internacional de doenças.
Mais de 2 bilhões de pessoas no mundo consomem bebida alcoólica e o fato de ser uma droga lícita na maioria dos países influencia muito no seu impacto: cerca de 4% de todas as mortes no planeta envolvem o uso de álcool, segundo a Organização mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país que mais ingere bebida alcoólica na América latina.

O tratamento para o dependente de álcool é considerado muito complexo, pois precisa de um tratamento farmacológico para desintoxicação e técnicas motivacionais com intervenções especificas, como a internação desse paciente em uma unidade especializada para esse tipo de tratamento com um equipe multidisciplinar.
Apesar de ser legalmente liberado para o cosumo, o álcool é uma droga psicoativa, ou seja, ele atua diretamente no cérebro, causando danos neurológicos, também em diversas outras estruturas do corpo humano, podendo provocar doenças mentais, diversos canceres, problemas hepáticos como cirrose, alterações cardiovasculares, com risco de infarto e acidente vascular cerebral e a diminuição da imunidade. Além disso é responsável por episódios de violência física com si mesmo ou outras pessoas.

O cosumo de bebidas alcoólicas provoca alterações no cérebro, semelhante á drogas, como a cocaína, por exemplo, causando uma sensação prazerosa e que faz com que as pessoas tenham mais interesse em consumir novamente.

Como o álcool atua no organismo?

Ao ser ingerido o álcool é absorvido pelo estomago, caindo na corrente sanguínea, se espalhando para as mais diversas partes do corpo, atingindo todas as células.
Chegando ao cérebro o efeito é primeiramente excitatório, liberando serotonina, um neurotransmissor associado a alegria e satisfação, fazendo com que as pessoas fiquem mais desinibidas e até mais corajosas.
No entanto, passando esse primeiro momento, começa a aumentar a quantidade de neurotransmissores GABA, fazendo com que o sistema nervoso central diminua a seu trabalho ou ate mesmo pare totalmente, levanta a perda de consciência.

Fale com especialista e tira suas duvidas!!!

Especialistas

Alcoolismo – Principais danos a Saúde!

Confira a seguir como o alcoolismo implica aumento o risco para várias complicações de saúde, como doenças do fígado, problemas gastrointestinais, pancreatite, neuropatias periféricas, problemas cardiovasculares, prejuízos cerebrais, imunológicos, anemias, osteoporose e câncer.

ALCOOLISMO PRINCIPAIS DANOS A SAÚDE 2

1 – Alcoolismo – Principais danos no cérebro.

Dificuldade em andar, visão borrada, fala arrastada, tempo de resposta retardado e danos á memoria. De maneira clara, o álcool afeta o cérebro sim.
Cabe sempre lembra que não há nível seguro para o seu consumo, e mesmo em pequenas doses podem causar ou aumentar o risco de prejuízos ao sistema nervoso e ás funções cognitivos.

2 – Blecaute Alcoólico

O uso do álcool pode produzir danos detectáveis á memoria e outras funções executivas após apenas 1 dose, a medida que o consumo aumenta, os danos também aumentam, podendo produzir um “branco” ou um intervalo de tempo no qual o individua não consegue recordar detalhes de eventos ou até mesmo eventos inteiros.

3 – Síndrome de Wernicke-Korsakoff

Os danos causados pelo álcool podem ser decorrentes tanto de causas diretamente ligadas ao uso como de fatores indiretos, como saúde geral debilitada ou doença hepática severa. A deficiência de tiamina, por exemplo, pode ser um desses fatores, essa vitamina é super importante para todos os órgãos e tecidos, inclusive o cérebro.
Os sintomas dessa síndrome incluem confusão mental, paralisia dos nervos que movem os olhos e dificuldade de coordenação motora.
A boa noticia nisso tudo, é que a maioria dos alcoolistas que apresentam problemas cognitivos terão alguma melhora nas estruturas cerebrais a partir de 1 ano de abstinência do álcool.

Alcoolismo – Principais danos a Saúde! 9 doenças relacionadas ao álcool.

ALCOOLISMO PRINCIPAIS DANOS A SAÚDE 3

Doenças do fígado – o álcool consumido é metabolizado pelo fígado e, por isso esse órgão tem grande potencial a ser lesionado. Estima-se que entre 90% e 100% dos bebedores desenvolvem doença hepática gordurosa, podendo evoluir para uma hepatite alcoólica. Até 40% desses casos evoluem para uma Cirrose, e seus sintomas são: náuseas, vômitos, redução de apetite, amarelamento da parte branca dos olhos e da pele, e maior propensão a sangramentos.

Problemas gastrointestinais – o consumo excessivo pode causar lesão e inflamação no aparelho digestivo, como esôfago e estomago, com sangramentos, vômitos e sintomas de refluxo, como azia e dor na porção superior do abdômen. Além disso, o álcool interfere na secreção do suco gástrico e no tempo de esvaziamento estomacal, interferindo na digestão e no risco para desenvolvimento de ulceras.

Pancreatite – a pancreatite aguda é um quadro grave, podendo ser evoluída para um quadro grave se tornando uma pancreatite crônica, com o mau funcionamento do pâncreas de forma irreversível, o que causa outros problemas de saúde. Como consequência, sabe-se que a taxa de mortalidade de pacientes com pancreatite alcoólica é cerca de 36% mais elevada do que para a população geral.

Neuropatia periférica – aproximadamente 10% dos indivíduos alcoolistas desenvolvem um quadro de deterioração do funcionamento dos nervos dos pés e das mãos, resultando em sintomas de dormência, formigamento e outras alterações de sensibilidade. Os sintomas podem melhorar com a abstinência do álcool.

Problemas Cardíacos e vasculares – o uso pesado do álcool aumenta a liberação de hormônios relacionados ao estresse que atuam na contração de vasos sanguíneos e influenciam na pressão arterial, podendo causar hipertensão, eventos como arritmias, inflamação do musculo cardíaco (miocardiopatia) e infartos agudos são consequências possíveis do alcoolismo. A mesma logica que funciona para o prejuízo das artérias do coração, chamadas de coronárias, também aumenta o risco para acidente vascular cerebral (AVC).

Disfunções imunológicas – pode ocorrer o enfraquecimento do sistema imunológico aumentando o risco de infecções como pneumonia e tuberculose. Esse consumo de álcool interfere na contagem de células brancas no sangue e altera a capacidade de combater infecções. Além disso, durante o período inicial da intoxicação alcoólica pode ocorrer um estado pró-inflamatório, o que aumenta a chance de complicações se houver algum acidente ou lesão, ou se o individuo apresentar alguma doença pré-existente.

Anemia – Quadros de desnutrição relacionados ao uso pesado do álcool e por muito tempo, podem ocorrer tanto por adotarem dieta nutricionalmente podre como pela diminuída absorção de nutrientes na trato gastrointestinal. A deficiência de B12 ou acido fólico, somada ao efeito toxico do álcool, pode levar á anemia macrocita ou megaloblástica. Neste quadro, a formação de glóbulos vermelhos fica alterada, levando o pior funcionamento e capacidade de levar oxigênio ás celular do corpo.

Osteoporose – o consumo crônico de álcool ao longo da vida pode influenciar na saúde dos ossos, especialmente no processo de mineração óssea, aumentando o risco de desenvolvimento de osteoporose em idades mais avançadas. O grande perigo da osteoporose é o maior risco de fraturas. Sabe-se ainda que o álcool por interferir no equilíbrio metabólico do cálcio e na produção de vitamina D, o que pode contribuir para complicações ósseas.

Câncer – o consumo pesado do álcool esta associado a vários tipos de câncer, como de boca, esôfago, laringe, estomago, fígado, colón, reto e mama. Os agentes causadores não são todos conhecidos, mas sabe-se que especificamente o acetaldeído (um produto do metabolismo do álcool) pode ter efeitos cancerígenos.

Fonte Oficial – Site: https://grupogilardi.com/blog/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *