Remédio x Drogas uma combinação perigosa!

Remedio x Drogas uma combinação Perigosa!

Você sabe quais são as consequências de se misturar remédio x drogas? Venha descobrir tudo com a gente! Fale com nossa Equipe.

Muitas pessoas não sabem, mas a combinação entre remédio x drogas pode ser fatal! A pouco tempo, um exemplo que chamou muito a atenção da mídia foi o caso do lutador de Jiu-Jitsu, Ryan Gracie, que faleceu após uma reação entre cocaína, maconha e um remédio calmante. Casos como esse são mais recorrentes do que você imagina, e por isso mesmo hoje vamos entender um pouco mais sobre eles.

Mesmo que a pessoa não seja viciada em drogas ou álcool, mas siga um tratamento com medicamentos específicos, o risco de morte no momento de fazer um uso esporádico dessas substâncias, ainda é muito presente. Por isso mesmo, é preciso estar bem informado.

Neste guia vamos falar um pouco mais sobre Remédio x Drogas uma combinação perigosa e como se proteger desse acidente. Confira!

Remédio x Drogas: Combinações fatais

Quando o assunto é remédio ou drogas, misturar bebidas alcoólicas, substâncias químicas e remédios pode ser uma combinação fatal, o que já causou a morte de milhares de pessoas ao redor do mundo, principalmente jovens que não tem experiência no assunto, e que muitas das vezes não são nem sequer dependentes.

Remedio x Drogas uma combinação Perigosa! 3
Remedio x Drogas uma combinação Perigosa!

Mas quais são os riscos? Para que você entenda, vamos listar alguns dos medicamentos mais comuns que não podem de forma nenhuma ser combinados com outras substâncias, podendo causar a morte.

*Calmantes

A maioria das pessoas que faz uso contínuo de calmantes desconhecem que algumas combinações com essa medicação podem ser altamente fatal. O uso de calmantes com álcool, por exemplo, pode levar a morte pois o calmante age no sistema nervoso central, e por isso mesmo essa mistura pode causar como e insuficiência respiratória.

*Antibióticos

Combinar antibióticos específicos com algumas drogas, como crack, cocaína e álcool, pode causar taquicardia, rubor, sensação de formigamento, náusea e etc. Por isso mesmo, o ideal para quem faz uso dessa medicação, é aguardar um período médio de três dias para voltar a beber álcool, por exemplo.

*Anti-hipertensivos

Os medicamentos anti-hipertensivos quando misturados com outras substâncias, também podem ser perigosos. Os sintomas consequentes vão desde enjoos e dores de cabeça, até alterações na frequência cardíaca, que podem causar a morte.

*Paracetamol

Uma outra combinação fatal que muitos desconhecem, são os medicamentos à base de paracetamol com álcool, que podem levar à morte. Por isso mesmo, se você acordou de manhã com dores e tomou um remédio de paracetamol, e a tarde saiu para beber com os amigos, está correndo riscos que vão desde taquicardia e náuseas, causadas pela intoxicação do fígado.

Problemas com Remédio ou Drogas? Procurar ajuda é a melhor solução!

Remedio x Drogas uma combinação Perigosa! 2
Remedio x Drogas uma combinação Perigosa!

Agora que você já conhece um pouco mais sobre os riscos de Remédio x Drogas, é mais importante ainda se atentar caso esteja passando por algum episódio onde o uso de substâncias lícitas ou ilícitas tomaram proporções maiores do que você consegue lidar.

Encarar o vício não é uma tarefa fácil, e muito menos procurar ajuda. Porém, como você pode ver, essa pode ser a grande diferença entre a sua vida e morte.

O Grupo Gilardi pode te ajudar!

Se você está buscando o melhor tratamento para você ou para alguém que você ama, as clínicas de reabilitação do grupo gilardi podem te ajudar! Uma referência nesse mercado, a clínica do Grupo Gilardi conta com uma equipe multidisciplinar para traçar as melhores estratégias de tratamento, e evitar os riscos como Remédio x Drogas e sua combinação fatal. Além disso, a clínica também tem uma estrutura preparada para atender a possíveis acidentes que possam acontecer derivado dessas combinações fatais.

Referência

Fale com nossa equipe de plantão
Especialistas

Fonte Oficial – Site: https://grupogilardi.com/blog/


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *