Como Funciona o Tratamento com Ibogaína?

Como Funciona o Tratamento com Ibogaína

Veja como funciona o tratamento da ibogaína e eficacia no tratamento de transtornos por uso de substâncias químicas. Fale com nossa Equipe!!

O QUE É IBOGAÍNA?

A Ibogaína nada mais é do que o princípio ativo da raiz da iboga. De forma natural, a ibogaína é uma alcalóide indólico (substância psicoativa) que depois de passar por prolongados estudos conseguiu demonstrar eficacia no tratamento de transtornos por uso de substâncias como cocaína, heroína, morfina, nicotina entre outros.

A Ibogaína também demonstrou ter outros benefícios psicológicos e neurológicos.
Além de ser encontrado na raiz da iboga, também pode ser achado em outras fontes vegetais (em abundância nos membros da família
Apocynaceae. A história da ibogaína esta conectada a rituais de cura em tribos presentes na África Ocidental.

Como funciona tratamento com Ibogaína em SP!!

No tratamento de transtornos por uso de substâncias, a ibogaína demonstra resultados positivos quando administrada em doses baixas,
como um estimulante natural. Os primeiros efeitos sentidos pelo paciente serão, o aumento da energia e a diminuição da fadiga em seu dia a dia.
Entretanto, é importante lembrar que a ibogaína vai agir como um estimulante de forma muito distinta de outras substâncias, como a
anfetamina e a cocaína.
Quando a ibogaína é administrada em doses maiores, poderão surgir outras reações, frutos de um efeito onirogênico.
Isto significa em resumo, um estado de sonho ainda acordado, trazendo imagens oculares fechadas, e o surgimento de memórias reprimidas.

Alguns dos principais efeitos colaterais do tratamento da ibogaína incluem:

Ataxia
Náusea e vomito
Sensibilidade a luz
Tremores
Efeitos cardíacos

Informações sobre Ibogaína

Em meados dos anos 90, nos Estados Unidos, estudos relacionados a Ibogaína começaram a ser financiados pela NIDA (Instituto Nacional de abuso de drogas dos EUA). Os estudos foram realizados na Universidade de Miami, pela Dra. Deborah Mash.
Os estudos deram origem a testes pré-clínicos realizados em animais.
Com os resultados positivos, logo depois, na fase 1, testes de segurança foram realizados em humanos.
Todos os resultados confirmaram as suspeitas com relação a sua eficacia na diminuição da autoadministração de estimulantes.
Também ficou confirmada uma forte redução dos sintomas de abstinência.
Apesar do progresso, a pesquisa teve que ser encerrada antes do tempo devido a problemas com disputa de propriedade intelectual, o custo alto necessário para continuar com o projeto, e a complexidade com relação aos recursos possuídos pela NIDA.
Ao longo das últimas décadas, a comunidade global provedora de terapia com ibogaína começou a crescer tanto que foi apelidada de subcultura médica.

A comunidade começou a receber e tratar também usuários de drogas. Acreditasse que até o ano de 2007, cerca de 3.400 sessões de terapia com ibogaína no tratamento de transtornos por uso de substâncias e crescimento pessoal foram realizadas no mundo inteiro.

Com o aumento gradativo do número de interessados na terapia, também cresceu o número de clínicas abertas para tratamento específico com o uso da ibogaína.

Como funciona o tratamento com Ibogaína para dependência química

Estamos atualmente vivendo um momento de revisitar de forma nostálgica o que funcionou no
passado em várias áreas profissionais. Com isso, é possível quebrar os taboos para encontrar métodos
e conceitos que realmente funcionam para nós.
A história construída hoje, não pode ser muito lenta, nem muito complexa, isto por que a velocidade de envio do consumo e envio de
informações exige agilidade e eficacia.

Mas o que isso quer dizer no mundo do tratamento ao transtorno por uso de substância química?

Quer dizer simplesmente, que a sociedade tentando se distanciar do que foi estabelecido como norma no tratamento, se aproxima mais e mais das Terapias Alternativas.
Até hoje, na grande maioria das regiões brasileiras, o tratamento convencional se utiliza de remédios fortes. Os remédios limitam
cognitivamente os pacientes, funcionando em muitos dos casos, como a própria droga. Os efeitos colaterais não permitem com que os pacientes mantenham controle sobre sua própria vida, trabalho e família.

Como funciona o tratamento com Ibogaína? E porque fazer?

Para melhor responder esta pergunta é preciso apontar todas as vantagens do tratamento de dependência química tendo a Ibogaína como protagonista.
O tratamento convencional tem uma taxa de sucesso na recuperação do paciente de 1% a 5% dependendo do caso e da substância em questão.

A confirmação deste número está no fato de que a grande maioria dos pacientes que optam por um tratamento com Ibogaína já foram internados pelo menos de 4 a 8 vezes ao longo de suas histórias como dependentes.
É verdade que quem sofre com a dependência química, corre o risco de ter o mesmo fim de muitas outras pessoas, a morte. Por tanto,
continuar sem procurar por ajuda pelo simples fato de um tratamento não surtiu efeito seria uma péssima ideia.

Em estudo realizado pela UNIFESP em 2013, ficou atestado que a terapia com Ibogaína consegue com sucesso a recuperação de cerca de 70% dos pacientes tratados. Com base nesses números é possível então comparar sua eficacia com a de outros tratamentos.
Teoricamente, o que a Ibogaína faz é modificar a química do seu cérebro. Quando esta química é transformada, o paciente sente
novamente força para tomar a decisão de não submeter a sua saúde as drogas, sem as consequências da abstinência e do isolamento
clínico.
Em outras palavras, a ibogaína reconstitui o seu condicionamento pisico-neuro-hormonal para o que ele era antes do início da sua adicção química.

Principais benefícios do tratamento com a Ibogaína:

Como funciona o tratamento com ibogaina
  • Quebra química da chamada fissura
  • Autossuficiência hormonal
  • Reestruturação da sinapse neurológica
  • Expansão da consciência e autoconhecimento
  • Produção de hormônios neurotransmissores
  • Diminuição da irritabilidade e dos sintomas de abstinência
Especialistas

Especialistas 24 horas

Assim que se finaliza as dosagens de Ibogaína durante o tratamento o que vai acontecer no seu organismo e a produção de hormônios
neurotransmissores que causam uma sensação de prazer.
Isso significa que o organismo do paciente deixa de enxergar o consumo de drogas como única e exclusiva fonte de prazer, permitindo assim que seja possível eliminar a dependência com mais rapidez do que em tratamentos convencionais.
Médicos e terapeutas afirmam que o tratamento com Ibogaína devolve ao paciente sua capacidade de escolha, como se o dependente
finalmente fosse capaz de compreender de forma física e emocional que pode viver sem aquela substância.

INFORMAÇÕES SOBRE O TRATAMENTO DE IBOGAÍNA EM SP

A Ibogaína pode tratar a dependência de cigarro, maconha, cocaína, crack, jogos de azar, sexo entre outras compulsões.

Como Funciona o tratamento com Ibogaina 3

QUEM NÃO PODE REALIZAR O TRATAMENTO COM IBOGAÍNA?

Pessoas com específicos problemas de saúde não podem fazer parte do tratamento. Pessoas com problemas cardíacos, pacientes com sintomas ou sinais de esquizofrenia, pacientes com problemas hepáticos.

QUE EXAMES SÃO NECESSÁRIOS SEREM APRESENTADOS?

Alguns exames serão pedidos para a realização do tratamento. Eletrocardiograma e hemograma completo. Os exames precisam claro
ser atuais, com menos de 20 dias.

O QUE NÃO CONSUMIR ANTES DO TRATAMENTO?

O paciente não pode consumir antes do tratamento; drogas ilícitas, (crack, cocaína) prazo de 4 dias, maconha e álcool prazo de pelo menos 24 horas. Calmantes como rivotril e quetiapina precisam ser reduzidos dias antes do início do tratamento.

QUANTO TEMPO DURA O TRATAMENTO?

O tratamento pode durar de 5 dias a uma semana.

As atividades terapêuticas e dosagens de IbogaÍna serão divididas ao longo dos dias.

O QUE MAIS COMPÕE O TRATAMENTO?

– Serão realizadas reuniões com o paciente, e se possível com os seus familiares.
– O paciente vai receber de 4 até 5 dosagens de Ibogaína hidrolisada
– Durante todo o tratamento, o paciente é monitorado por uma equipe ampla de profissionais
– Serão realizados pelo menos 4 dias de terapia com um psicólogo capacitado
– Logo depois, o paciente vai receber algumas recomendações para o pós-tratamento
– Se necessário, o paciente pode receber suporte terapêutico mesmo depois do seu tratamento.

OBS: A presença do acompanhante é de extrema importância para que todas as informações sejam devidamente recebidas e compreendidas.

Fale com Especialista em Ibogaína 24 horas!!

Especialistas

Fonte Oficial – Site: https://grupogilardi.com/blog/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *